Quais as principais diferenças entre a CNH Social e a CNH popular ?

0

Você deve estar se perguntando qual a diferença entre a CNH social e a CNH popular, não é mesmo? Mas, calma! Antes, vamos entender melhor como funciona esse processo desde o início.

Podemos dizer que, obter a CNH é um dos principais objetivos de jovens e adultos brasileiros. Hoje em dia, além do uso pessoal, é comum querer esse documento para alavancar a vida profissional.

Muitas empresas contam com um profissional habilitado para participar de reuniões em locais diferentes, atender um cliente em outra cidade, participar de eventos e viagens, entre outras situações. 

Além disso, muitos profissionais utilizam a CNH para realizar ou prestar serviços, como é o caso dos motoristas de aplicativos, que utilizam a sua habilitação para o transporte de passageiros. 

Contudo, podemos dizer que, a CNH é uma grande oportunidade para muitos brasileiros, além de ser um objetivo pessoal. Entretanto, para a obtenção desse documento, é necessário o cumprimento de diversos procedimentos, são eles: exames médicos, aulas teóricas, aulas práticas, testes de direção. 

São nesses procedimentos que ocorrem as principais diferenças entre a CNH Social e a CNH popular. Continue acompanhando esse artigo para saber mais! 

O que é CNH Social e CNH popular? 

Vamos iniciar falando da CNH popular. Nesse caso, o interessado procura por uma autoescola, após isso o interessado é direcionado ao DETRAN. Na sequência, é necessário que o participante compareça a unidade mais próxima da sua residência para a  liberação dos exames médicos e psicológicos. 

Após ter comprovado a aptidão por uma clínica credenciada pelo DETRAN, o participante poderá iniciar as suas aulas junto da autoescola até o exame final, onde será aprovado ou não após realizar um teste prático. 

Já a CNH Social, é um benefício disponibilizado para jovens e adultos de baixa renda que não conseguem investir na obtenção da sua CNH. Portanto, trata-se de um projeto gratuito que visa disponibilizar esse documento. 

Para participar desse projeto é necessário cumprir alguns requisitos, são eles: 

  • O participante deve ter idade mínima de 18 anos e máxima de 27 anos;
  • Ser a primeira CNH Social emitida; 
  • Saber ler e escrever; 
  • Renda familiar inferior a 3 salários mínimos; 
  • Realizar a inscrição até a data estipulada pelo projeto;
  • Pessoas com idade entre 21 a 50 anos, que desejam obter a categoria profissional.

Afinal, quais são as diferenças? 

A principal e grande diferença é que, a CNH popular exige investimento do participante, enquanto a CNH Social é totalmente gratuita. Além disso, embora os procedimentos a serem cumpridos sejam os mesmos, o início do processo é diferenciado. 

Isso porque, enquanto o participante da CNH popular procura por uma autoescola para iniciar o processo de obtenção da sua carteira de motorista, o participante do CNH Social realiza a inscrição no projeto através do site do DETRAN. 

Entretanto, vale ressaltar que, o projeto não está disponível para todos os estados do país. Atualmente, está disponível em Goiás, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Amazonas, entre outros. Porém, a ideia é que, em breve, tenha alcance nacional. 

Além disso, caso você tenha interesse em esperar pela CNH Social, é importante que fique atento ao site do DETRAN e realize o seu cadastro no Meu CADÚnico. O Cadastro Único trata-se de um programa do governo que busca identificar famílias de baixa renda e, através dele, é possível aumentar as chances de ser selecionado para participar do CNH Social.

Leave A Reply

Your email address will not be published.