7 programas do governo para famílias de baixa renda

0

As famílias de baixa renda contam com diversos programas sociais oferecidos pelo governo para garantirem o sustento. Vale ressaltar que, além das iniciativas governamentais, existem projetos privados que também colaboram com a sociedade. 

Entretanto, o governo disponibiliza alguns recursos que são fundamentais, especialmente, nesse momento de crise. Muitas famílias têm sido beneficiadas com esses programas, portanto, é fundamental que, todos aqueles que possuem direito, tenham acesso a essas facilidades.  

Com a pandemia, muitas pessoas que se enquadram no quesito de baixa renda, procuraram formas de serem beneficiadas. Dessa forma, o governo identificou que muitas dessas pessoas ainda não participam de programas sociais aos quais possuem direito. 

Portanto, é fundamental que os programas sociais sejam divulgados e que a sociedade tenha consciência de quais benefícios podem receber.  Para saber mais detalhes, continue acompanhando esse artigo.

Principais programas sociais 

Chegou a hora de saber quais são os programas sociais que podem incluir famílias de baixa renda e quais são as causas desses programas. Confira, a seguir: 

Bolsa Família 

O Bolsa Família é um benefício de renda direita, contribuindo para inúmeras famílias brasileiras. O valor atual do benefício é de R$ 45,00 para cada integrante, podendo, cada família acumular o total de 5 benefícios, ou seja, o equivalente a R$ 205,00.

Minha casa, minha vida 

É um programa oferecido para famílias de baixa renda, contribuindo para a conquista da casa própria através de subsídio para financiamento, ou seja, a redução das parcelas do financiamento. 

Carteira do Idoso 

Esse benefício oferece para idosos acima de 60 anos o direito de gratuidade ou desconto para viagens interestaduais. Esse benefício está disponível para idosos com renda mensal de até 2 salários mínimos. 

Benefício de Prestação Continuada (BPC)

Esse benefício garante o pagamento de um salário mínimo para idosos acima de 65 anos ou para deficientes físicos. Para ter acesso a esse benefício, é necessário que a renda familiar seja menor do que 1/4 do salário mínimo atual.

IDE JOVEM 

É um programa social destinado a jovens de até 29 anos, oferecendo passagens gratuitas ou descontos para o transporte coletivo interestadual. A ideia do projeto é, viabilizar cultura e oportunidades para os jovens brasileiros. 

Tarifa Social de Energia Elétrica

Esse programa é responsável pela isenção no pagamento de contas de energia para famílias de baixa renda, desde que, o consumo mensal seja inferior a 220kWh. 

Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI)

Esse programa social tem como objetivo reduzir os índices de trabalho infantil, através da colaboração nos valores que variam entre R$ 25,00 a R$ 40,00 por criança, dependendo da localização. 

Esses são alguns dos programas sociais oferecidos pelo governo. Além disso, existem diversas campanhas solidárias que contribuem de diferentes formas para as famílias brasileiras. Podemos citar a campanha “Alimento Solidário”, ação realizada pelo governo através da distribuição de inúmeras cestas básicas. 

Para ter acesso a esses programas e ser contemplado em ações beneficentes, é necessário realizar o Cadastro Único através do site do governo. Não perca essa oportunidade! Caso se encaixe nos requisitos dos programas sociais, realize o seu cadastro. Caso já seja cadastrado, garanta que os seus dados estejam sempre atualizados. 

Leave A Reply

Your email address will not be published.